Previsões 2021 - Ano de Vênus - O que esperar?

Atualizado: 29 de Dez de 2020

Estamos numa transição de Era, e somos os cobaias dessa mudança.

As eras andam na forma inversa do zodíaco, por isso saímos da Era de Peixes e estamos na transição, entrando em Aquário. E dezembro de 2020, dia 21, num dia de solstício, é o grande Marco dessa mutação, que representa um novo paradigma do TER (Saturno/Capricórnio/terra) para o SER (Urano/Aquário/Ar). E esses planetas estarão fazendo aspectos desafiadores em 2021.


Que SER humano queremos nos tornar?

Oportunidade de quebrar preconceitos, sermos mais coletivos e menos individualistas.


Temas importantes em 2021:

Igualdade - Liberdade - Fraternidade - Vontade do coletivo - Ideais - Racionalidade - Rebeldia - redes


Mas o que é Aquário?

Aqui não é sobre pessoas aquarianas, mas sim sobre o arquétipo desse signo.

É um signo de elemento Ar (mental, intelectual e social) e modalidade fixa (busca segurança, tem necessidade de permanecer, autocontrole), por isso busca ideologias e grupos para que possa se segurar e ali quer permanecer. Representa a rebeldia ou radicalidade. É a luta pelo ponto de vista e pela ideologia.

Fixar a inteligência, ou seja, desenvolver técnicas, testar tecnologias, estruturar as ideias, compartilhá-las para evoluir o futuro.


Esse signo, pela Mitologia Grega, é representado por um homem segurando um Jarro, o aguadeiro (que joga água lá do céu), Ganimedes, um jovem inteligente, que passou a servir o néctar aos deuses, bebida que oferece a imortalidade, derramando, depois, os restos sobre a terra, servindo aos homens. Que rega com o seu saber, ou seja, a água da imortalidade é o conhecimento, a inteligência, que trouxe a oportunidade de nos questionarmos, nós mortais, para evoluirmos.

Outra simbologia são as ondas, que traz a eletricidade, e o dualismo entre razão e emoção.


Pela astrologia o ano começa em março, com a entrada do sol no signo de Áries, que marca também o equinócio de outono aqui no hemisfério Sul.

Para que você entenda que uma forma simples é bom entender que os signos NÃO são adjetivos, e sim ciclos, ciclos da natureza que formam as estações do ano. São arquétipos que representam essas energias. Áries é o primeiro signo, fogo cardinal, marca o início, a energia de ação.

Os signos cardinais são os que são os que dão início às estações do ano (Áries, Câncer, Libra e Capricórnio).