Fim de ano, e agora??

Atualizado: 23 de Dez de 2020

2020 chegando ao fim… E fim de ano é sempre uma loucura. Ainda quero entender o porquê dessa forte cultura de tanta correria nessa época.

E podemos dizer que não foi um ano comum não é mesmo. Todos sentiram os efeitos de uma grande mudança, que não fará nossas vidas voltarem ao que era antes, mas também é um convite para a evolução.


Nesse post eu quero falar um pouquinho sobre essa nossa visão de que tudo acaba e um novo ciclo se inicia. Mas o que fazemos com o que não ficou bem resolvido? E agora?



Nossa mente tem muita dificuldade de viver o presente. Aí chega o “fim” do ano e todas as questões, listas não terminadas, pendências, vêm à tona.


Aí queremos pular sete ondinhas, fazer uma lista de objetivos nova, colocar calcinha de alguma cor. Porém, na verdade, nada disso adianta se você deixar pendências para trás, se não mudar velhos hábitos e continuar procrastinando as coisas erradas. Procrastinar é uma sabedoria, entretanto é preciso consciência para procrastinar aquilo que realmente não importa na sua vida.


Somos seres programáveis, e muito dos nossos programas são inconsciente e vem de uma programação coletiva. PARE E PENSE, QUESTIONE-SE: O porque você está fazendo, agindo e pensando nesse momento. Isso é seu?

Por isso é tão importante parar nesse momento do ano e silenciar.


É um período em que o Sol está em Capricórnio nos lembrando que levar foco e organização pra vida é essencial. É sair do sonho e fazer acontecer, realizar, entendendo que as coisas levam um tempo para acontecer. É o lado material voltado para a utilidade e duração.


Bom para assumir a responsabilidade da sua própria vida, ver quais frutos está colhendo do passado, trabalhar os medos e inseguranças. Reconhecer suas virtudes.


Antes de fazer pedidos novos pare e pense em tudo que você atraiu para você esse ano. Porque, sim, pode parecer chocante, mas tudo de bom e ruim que nos acontece somos nós mesmos que atraímos, é responsabilidade apenas nossa. E se sua mente pensou: Nossa! Que baboseira isso! Esse é seu ego. Caso ainda não o conheça. É essa voz que diz que qualquer